SALVADOR @ Ocupação hoteleira de janeiro a novembro de 2018 supera a ocupação do ano inteiro de 2017 - Observador Independente

BAHIA

3 de diciembre de 2018

SALVADOR @ Ocupação hoteleira de janeiro a novembro de 2018 supera a ocupação do ano inteiro de 2017

Os números são fruto da Pesquisa Conjuntural de desempenho (Taxinfo)
Crédito da foto :: Reprodução / Booking     




Os 11 primeiros meses de 2018 apresetou ocupação hoteleira média de 61,93%, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-BA). O número representa um incremento de 10,41% em relação ao mesmo período do ano anterior de 56,09%. 

A diária média nesse período permaneceu praticamente estável (R$ 226,51 em 2018 e R$ 226,26 em 2017), enquanto o Revpar (indicador ponderado de taxa de ocupação e diária média) cresceu 10,54 %, passando de R$ 126,92 (2017) para R$140,29 (2018). Esta ocupação de janeiro a novembro de 2018 supera a ocupação do ano inteiro de 2017.

“Estes indicadores reforçam que o trabalho intensivo da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-BA) em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult) em divulgar o Destino Salvador, no Brasil e em diversos países da América Latina tem dado resultados positivos. Realizamos em 2018, o Road Show, FAM Show de Agentes de Viagem, FAM Show para operadores de viagem, Rodada de Negócios e Hospitality Experience (conhecido como Fórum Baiano da Hotelaria). Estimulando o crescimento e a retomada do setor turístico”, afirma Glicério Lemos, presidente da ABIH-BA.

Em novembro de 2018, a taxa de ocupação foi de 68,10% e diária média de R$ 220,26, resultando em um Revpar de R$150,00. Comparando-se com os resultados do mesmo período do ano anterior, verifica-se um crescimento de 4,80% na taxa de ocupação, que teve 64,98%. 

“Neste mês de novembro tivemos dois feriados prolongados, o de Finados, comemorado no dia 02 de novembro e o da Proclamação da República, celebrado no dia 15 de novembro, que estimularam o crescimento da taxa de ocupação. Em ambos os feriados tivemos uma média de taxa de ocupação em torno de 92,5% impulsionando a economia local”, informa Lemos.
Lemos ainda acrescenta, "a tendência é de que a taxa de ocupação e que o fluxo de turistas aumente na capital baiana com a aproximação do Réveillon e do verão. Para a virada do ano, a nossa expectativa é de 100% na taxa de ocupação e para janeiro de 2019 uma média de 90% a 93% na ocupação”.

Os números são fruto da Pesquisa Conjuntural de desempenho (Taxinfo).

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.
O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.
VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas