Em meio ao aumento dos casos de influenza A em Salvador, quatro secretários municipais são afastados com sintomas de gripe - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

quinta-feira, dezembro 16, 2021

Em meio ao aumento dos casos de influenza A em Salvador, quatro secretários municipais são afastados com sintomas de gripe



Ao todo, capital baiana registra 147 casos de Influenza A, notificados entre novembro e dezembro. Idosa que morreu por H3N2 estava internada em unidade particular.


Em um cenário de aumento do número de ocorrências confirmadas para a gripe Influenza A, do subtipo H1N2, e com Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e gripários lotados, Salvador também tem gestores municipais entre as infectados com sintomas de gripe. De acordo com o prefeito Bruno Reis, quatro secretários municipais estão afastados com gripe.

"Só na nossa equipe temos Renata (Vidal, da Comunicação), Giovanna (Victer, da Fazenda), Luciano (Sandes, da Manutenção da Cidade) e agora Fábio Motta (da Secretaria de Cultura), o quarto", 

disse durante coletiva na manhã desta quinta-feira (16).

O prefeito destacou que a prefeitura tem trabalhado para evitar um surto de H3N2 na cidade. Nesta sexta-feira, a vacinação contra Covid-19 será suspensa em Salvador e toda estratégia será voltada para aplicação da vacina contra o grupo.

“Estamos em um esforço para enfrentar a H3N2 e evitar que tenhamos um surto de influenza na cidade. Aproveito para comunicar que amanhã às 8h vamos abrir o gripário do Pau Miúdo e vamos iniciar uma mega operação de vacinação. Temos condições de aplicar 60 mil doses nesta sexta. A vacinação contra Covid será suspensa e vamos concentrar na vacinação de influenza para todos os públicos que ainda não se vacinaram”, informou o prefeito.

O prefeito também pediu que a população evite ir à UPAs em caso de sintomas leves. 

“Temos diversas unidades de saúde espalhadas pela cidade. Não precisa ir pra UPA. Vá para unidades de saúde. Lá vai ter um médico que vai atender e prescrever a medicação. Se tiver com sintomas mais graves, aí vai para UPA”, 

disse.

“Mas efetivamente está tendo uma demanda muito grande por causa do aumento de casos. Tínhamos 48 unidades fazendo testes contra Covid, agora vamos para 60, a partir desta sexta. Também precisamos reforçar os cuidados. Mesmo quem está em casa usa máscara para não transmitir para quem está em casa", 

continuou.

Até a manhã desta quinta (17), 147 caos de gripe foram notificados entre novembro e dezembro, sendo 144 deles da H3N2. A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) segue com as recomendações para prevenir a transmissão, tanto da gripe quanto da Covid-19, com o uso de máscaras, higienização das mãos e o distanciamento social.



Foto :::: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->