Homem morre após ser baleado na Barra, em Salvador; polícia investiga caso - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

quinta-feira, dezembro 02, 2021

Homem morre após ser baleado na Barra, em Salvador; polícia investiga caso



Não há informações sobre autoria e motivação do crime. Bairro turístico enfrenta onda de violência nos últimos meses.



Um homem foi morto a tiros na Vila Campos, no bairro da Barra, em Salvador, na noite de quarta-feira (1º). Testemunhas disseram que ele estava na localidade, quando três homens chegaram em um veículo e efetuaram mais de 15 disparos.

Os moradores disseram que a vítima era conhecido pelo apelido de "Bruxo", e era suspeito de cometer assaltos na região.

A Polícia Militar não confirmou a informação dos moradores, e disse que uma equipe foi acionada por volta das 23h30. Ao chegar, encontrou o homem já caído no chão, próximo ao Porto da Barra.

A vítima foi socorrida para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos. A autoria e investigação não foram identificadas, até o momento.

Onda de violência recente na Barra

O bairro da Barra, região turística de Salvador, tem registrado uma onda de violência desde o mês de agosto. O comando da Polícia Militar no barro foi trocado e o policiamento foi reforçado nos últimos meses.

Em 16 de agosto, um casal em situação de rua teve incendiado o barraco onde morava. A mulher teve 90% do corpo queimado e morreu três dias depois. O companheiro dela, ficou internado cerca de duas semanas, mas também não resistiu.

No dia 5 de setembro, outro homem, identificado como Rodrigo Cerqueira de Jesus, foi morto a tiros após um tiroteio em uma das ruas do bairro, também nas proximidades da praia do Porto da Barra.

Segundo a Polícia Civil, Rodrigo era conhecido como Tosca e suspeito de tráfico de drogas. A mãe de Rodrigo e outro homem, de identidade não divulgada, também foram baleados na mesma ação.

Já no dia 10 de setembro, um homem foi morto a tiros, na faixa de areia da praia do Porto. De acordo com a Polícia Militar, a vítima identificada como Uesley Nielson estava na praia quando um homem chegou caminhando, por volta de 19h, e atirou diversas vezes. Em seguida, o atirador fugiu. Wesley morreu no local.

Em 21 de setembro, um homem com transtornos mentais invadiu a região do Porto da Barra com uma faca e fez ameaças aos banhistas. Ele foi apreendido por agentes da Guarda Civil Municipal e levado para o 5º Centro de Saúde. Ninguém ficou ferido.

Em outubro, um guardador de carros morreu após ser baleado entre as ruas Dias D'Ávila e Almirante Marques de Leão, e assustou pessoas que passavam pelo local. A vítima foi identificada como Maurício Lima Santos, de 30 anos. De acordo com a 11ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), ele foi atingido por tiros disparados por dois homens em uma motocicleta.

Foto: Reprodução/TV Bahia




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->