ILHÉUS ⛈️ Condomínio de luxo segue ilhado em Ilhéus; moradores relatam apreensão com subida da água: 'devastador' ⛈️ - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

segunda-feira, dezembro 27, 2021

ILHÉUS ⛈️ Condomínio de luxo segue ilhado em Ilhéus; moradores relatam apreensão com subida da água: 'devastador' ⛈️



Nesta segunda-feira, a água baixou nas ruas do condomínio, mas diversas casas seguem alagadas. Morador perdeu dois veículos. Um homem quebrou a perna, após se acidentar em uma das ruas.


Um dia após os registros de alagamento em um condomínio de luxo, em Ilhéus, no sul da Bahia, os moradores conseguiram deixar suas casas e começaram a contar os prejuízos. No entanto, eles seguem ilhados, já que a entrada do empreendimento ainda está completamente alagada.

A médica Neide Pontes, de 59 anos, relata momentos de tensão com a subida da água. Ela conta que precisou mover os móveis e outras estruturas da casa para o pavimento superior para escapar da chuva.

“Felizmente não houveram danos pessoais, mas os danos materiais e emocionais foram terríveis. Nossa garagem foi invadida e o volume de água estava aumentando muito, colocamos o automóvel em um local mais alto. Às 5h colocamos a maioria das coisas no pavimento superior e conseguimos salvar. É devastador, assustador, a gente temia muito que a água entrasse em casa", contou.

Moradora de Itabuna desde a infância, Neide diz que as chuvas deste ano causaram mais estragados do que a enchente de 1967, que era considerada a maior da história da cidade. "Eu sou moradora de Itabuna e nunca tinha visto uma situação dramática como essa. A água chega muito rápido e não tem muito tempo para fazer nada. Eu era criança em 1967, mas pelo volume de água e pelo número de moradores, já que a cidade cresceu muito, a dimensão desta chuva é bem pior.", disse.

Na casa da médica, a garagem continua cheia de água. A energia elétrica foi desligada por questões de segurança. Ela conta que a maior necessidade no momento é do abastecimento de água.

"Vamos continuar aqui. Felizmente temos alimentos em casa. Estamos precisando de água para beber. Já avisamos para a Defesa Civil e eles farão esse abastecimento. Estamos esperando a volta da energia para usar uma bomba para tirar essa água represada", contou.

Neide conta que, nesta segunda-feira (27), um vizinho se acidentou ao cair em uma das ruas. "Nosso vizinho fraturou a perna porque as ruas ficam escorregadias. Ele teve fratura, mas foi transferido".

Outros moradores registraram prejuízos causados pela chuva. Um morador perdeu dois veículos. Em outras áreas era possível ver o rastro de destruição causado pela chuva. Até mesmo um peixe foi encontrado em uma das áreas comuns do condomínio.

Voluntários fazem resgate de moradores com moto aquática

De acordo com o site do empreendimento, o condomínio tem uma área total de 378.000 m², com 510 lotes a partir de 405 m², além de uma área verde de 73.000 m².

Os moradores foram resgatados por helicópteros da Polícia Militar. Um vídeo mostra o momento em que uma família é retirada de uma das casas por policiais.


FotoS: Fábio Santos / TV Globo/G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->