PIADA DA SEMANA 🤮 População Brasil, 213 mi; eleitores, 148 mi. Datafolha "ouve", 3.666 pessoas em todo o Brasil segundo afirma, e diz que rejeição ao governo Bolsonaro é de 53%; que só é menor que governo Collor. Ou seja, chama os demais brasileiros de idiotas🤮 - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

sexta-feira, dezembro 17, 2021

PIADA DA SEMANA 🤮 População Brasil, 213 mi; eleitores, 148 mi. Datafolha "ouve", 3.666 pessoas em todo o Brasil segundo afirma, e diz que rejeição ao governo Bolsonaro é de 53%; que só é menor que governo Collor. Ou seja, chama os demais brasileiros de idiotas🤮


 

"Na fase final do terceiro ano de mandato, o presidente Jair Bolsonaro (PL) manteve o pior nível avaliação do seu governo. Segundo pesquisa divulgada na manhã desta sexta-feira (17/12) pelo Instituto Datafolha, a reprovação do chefe de Estado se manteve no patamar de 53%.

Em contrapartida, 22% consideram a o governo de Bolsonaro bom ou ótimo, enquanto 24% o avaliam como regular. Já 1% não opina. A pesquisa foi realizada em 191 cidades do Brasil. Foram ouvidas 3.666 pessoas presencialmente, de 13 a 16 de dezembro. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

A rejeição é estável em comparação ao levantamento anterior, realizado entre 13 e 15 de setembro. Ao longo desses três anos, a reprovação de Bolsonaro ultrapassou a aprovação já após oito meses de mandato, em agosto de 2019.

Ele tem a pior avaliação entre os presidentes na era da redemocratização. Só perde para o hoje senador Fernando Collor de Melo (Pros-AL) – que, inclusive, atualmente, é seu aliado -.

À época, o ex-presidente apresentou 68% de ruim/péssimo, num momento em que anterior ao que Bolsonaro está, uma vez que sofreu impeachment com 2 anos e 6 meses de governo – e esta avaliação era um indicativo da rejeição que tinha, em 1992."



‌Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.



Credito da foto: Jornal O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->