UFBA manterá cobrança de comprovante de vacinação para o retorno das atividades presenciais - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

sexta-feira, dezembro 31, 2021

UFBA manterá cobrança de comprovante de vacinação para o retorno das atividades presenciais




Bruno Leite


SALVADOR @ A Universidade Federal da Bahia (UFBA) manterá a cobrança do comprovante de vacinação contra a Covid-19 como condicionante para o retorno da comunidades estudantil às atividades presenciais no próximo ano letivo.

A decisão foi divulgada pela instituição nesta quinta-feira (30) e confirmada ao Bahia Notícias pelo reitor, João Carlos Sales, após o ministro da Educação, Milton Ribeiro, publicar um parecer que isenta os institutos e universidades federais de exigir a comprovação.

Ao comunicar o fato, a Federal da Bahia disse entender que "a vacinação é medida de proteção individual e, principalmente, coletiva". "A exigência de comprovação do esquema vacinal completo é, portanto, expressão da responsabilidade das instituições com suas respectivas comunidades e com o bem comum de nossa população", argumentou a instituição através de nota.

Segundo a UFBA, que no último dia 12 de outubro, através do Conselho Universitário (Consuni), definiu as regras a serem adotadas para o retorno presencial, um formulário está em fase de conclusão para que docentes, técnicos, estudantes e terceirizados informem sua situação vacinal.

"Tal conhecimento, resultante de um diálogo com a comunidade, servirá como base para os protocolos de verificação a serem adotados, visando a favorecer a vida e não o vírus, em consonância com o Plano de Contingência e Medidas de Biossegurança para realização de atividades presenciais", 

informou a UFBA.

O comunicado ainda rechaça o documento emitido pelo MEC, dada a "incerteza no cenário epidemiológico" causada pelo surgimento da nova variante do coronavírus, a ômicron.

Para a universidade, "o Ministério da Educação parece decidir em favor do vírus", portanto, seguirá a deliberação do Consuni e "fará tudo que estiver a seu alcance para proteger nossa comunidade e o interesse da vida".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->