Criança morta após estupros na Bahia foi abusada por um ano pelo pai; suspeito foi à UPA e ao velório - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

sexta-feira, janeiro 07, 2022

Criança morta após estupros na Bahia foi abusada por um ano pelo pai; suspeito foi à UPA e ao velório




Foi o pai o autor dos estupros que acabaram na morte de Ilana Pereira Santos, de 3 anos. A criança deu entrada em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no Oeste da Bahia, no último dia 3 de janeiro, apresentando sinais dos abusos. O detalhe é que, na oportunidade, o suspeito acompanhou a filha e a esposa.


O suspeito não pode ter o nome revelado por conta da Lei de Abuso de Autoridade. Ele foi preso na quarta-feira (5/1) por policiais da Delegacia Territorial (DT) da cidade de Formosa do Rio Preto, a 1.020 km de Salvador. A família morava na zona rural do município, na localidade conhecida como São Pedro.

O que chamou a atenção da polícia é que o criminoso participou do enterro da criança, ainda na segunda-feira (3/1).

Após receber a informação do crime, os policiais da unidade, sob a coordenação do delegado titular Arnaldo Alves do Monte, ouviram testemunhas e realizaram ações investigativas que levaram ao pai. Laudos periciais confirmaram que a morte da criança foi causada por violências sexuais sofridas há pelo menos um ano.

Familiares e demais testemunhas foram ouvidas. “Vamos ouvir mais pessoas, analisar os laudos periciais para robustecer o inquérito e ainda esclarecer a possibilidade de outros envolvidos”, afirmou o delegado Arnaldo Alves.



‌Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.



Credito da foto:ilustrativa/divulgação/Polícia Civil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->