🏴 Morre terceiro policial civil envolvido em acidente na Chapada Diamantina; vítima estava internada no HGE 🏴 - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

quinta-feira, fevereiro 17, 2022

🏴 Morre terceiro policial civil envolvido em acidente na Chapada Diamantina; vítima estava internada no HGE 🏴


O policial civil, Yago da França Souza Avelar tem 39 anos, envolvido em um acidente grave com uma viatura na BA-233, na região da Chapada Diamantina, foi declarado morto na noite desta quarta-feira (16/2). Ele estava internado no Hospital Geral do Estado. A Polícia Civil chegou a confirmar a morte cerebral do agente no dia (7/2), mas voltou atrás no dia seguinte e disse que o policial passaria por novos exames médicos.


Yago era casado e não tem filhos. Assim como os outros dois colegas que morreram no acidente, Yago era lotado na 13ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Seabra). Ele foi aprovado no concurso de 2018, ingressou no quadro da Polícia Civil em outubro de 2020 e foi designado para servir no Departamento de Polícia do Interior (Depin), no município de Seabra, região da Chapada Diamantina.

CONFIRA NOTA DA PC

"É com profundo pesar que noticiamos a morte do investigador de Polícia Civil Yago da Franca Sousa Avelar, de 39 anos, na noite de quarta-feira (16). Lotado na 13ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Seabra), ele foi a terceira vítima de um acidente na BA-233, no último dia 4, em trecho pertencente a Itaberaba."

No dia 5, a equipe médica que tratava o servidor chegou a informar à família e ao Departamento Médico da Polícia Civil sobre a morte encefálica dele, sendo iniciado o processo de realização do protocolo de morte encefálica, que inclui exames clínicos e complementares. Ao longo dos últimos dias, o processo de falência dos órgãos de Yago foi se agravando, culminando em sua morte, na noite de quarta.

Yago foi aprovado no concurso de 2018 e ingressou no quadro da Polícia Civil em outubro de 2020 e foi designado para servir no Departamento de Polícia do Interior (Depin), no município de Seabra, região da Chapada Diamantina.

“Nossa consternação fica ainda mais dolorosa com esta notícia. Conheci Yago em 2019, quando foi, junto com Kleber e Matheus, meu aluno na Academia da Polícia Civil. Mais uma perda irreparável para nossa Instituição, de um jovem, também com futuro promissor na nossa polícia, que neste momento está em profundo luto”, 

declarou a Delegada-Geral Heloísa Campos de Brito.

"A toda a família e amigos, a Polícia Civil da Bahia estende as condolências e une-se no luto".



‌Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.


Credito da foto:redes sociais


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->