Obras da 'Nova Tancredo Neves' devem ser concluídas em maio de 2022 - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

quarta-feira, fevereiro 02, 2022

Obras da 'Nova Tancredo Neves' devem ser concluídas em maio de 2022




As obras da "Nova Tancredo Neves", em Salvador, atrasaram mais uma vez. Inicialmente prevista para ser concluída em abril de 2021, o cronograma foi atualizado em setembro do ano passado e a expectativa para o encerramento das intervenções passou para fevereiro de 2022. Agora, o calendário foi novamente esticado e as obras só devem ser concluídas em maio deste ano. A informação foi confirmada ao Bahia Notícias pela Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra) do município.


Desde o ano passado, a Seinfra atribui o atraso no calendário à pandemia do novo coronavírus, a medidas de restrição e de circulação, ao período chuvoso que a capital baiana enfrentou e, mais recentemente, também em função da variante Ômicron. De acordo com a pasta, a nova cepa afastou funcionários que trabalham nas obras.

"A alteração no cronograma original ocorreu em função da redução da força de trabalho no período de medidas restritivas de enfrentamento à Covid-19, seguido do período chuvoso nos últimos meses e, mais recentemente, pelo afastamento de funcionários da empresa executora devido à variante Ômicron do coronavírus, diminuindo assim o ritmo da obra", disse a secretaria em nota enviada ao BN.

A obra complementar ao sistema BRT (Bus Rapid Transit), executada pela prefeitura de Salvador, inclui a requalificação da via com o objetivo de melhorar o tráfego na região no sentido orla e na direção ao miolo da cidade e uma ligação subterrânea entre a avenida Tancredo Neves e a Magalhães Neto - obra iniciada em dezembro de 2020 e com nova previsão de entrega para maio deste ano.

Em novembro do ano passado, a prefeitura de Salvador informou que as obras estavam com 60% dos trabalhos concluídos e custam, ao total, cerca de R$ 57 milhões. A Nova Tancredo Neves é formada por quatro intervenções principais. Uma delas é a ponte sobre o Rio Camarajipe, garantindo acesso direto à Avenida Paralela, sem necessidade de enfrentar o tráfego do Detran. A outra ação é a construção do mergulho entre a Tancredo Neves e a Magalhães Neto.

A terceira intervenção é a instalação de um viaduto direcional ligando a Avenida ACM ao Detran. Por fim, a quarta intervenção é a construção de mais um viaduto, saindo do Detran, sentido Rótula do Abacaxi, com retorno no Corpo de Bombeiros.



Foto ::: Reprodução / Ilustrativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->