"Prefiro não chamar de torcedores", diz governador Rui Costa sobre bomba jogada no ônibus do Bahia - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

sexta-feira, fevereiro 25, 2022

"Prefiro não chamar de torcedores", diz governador Rui Costa sobre bomba jogada no ônibus do Bahia



O governador Rui Costa (PT) se manifestou sobre o ataque sofrido pelo Esporte Clube Bahia na noite desta quinta-feira (24/2). O ônibus que levava os jogadores e a comissão técnica do time foi atacado por três bombas, lançadas quando o grupo estava a caminho da Arena Fonte Nova, para a partida contra o Sampaio Corrêa pela Copa do Nordeste.

"Nada justifica o ataque covarde contra o ônibus do Esporte Clube Bahia na noite desta quinta. Futebol não é campo de guerra, é paixão", 

começou o petista.

Rui também ressaltou que determininou "imediata apuração". "Jogadores, sejam eles do Bahia, Vitória ou qualquer outro time, são profissionais e merecem respeito", defendeu.

O governador chamou a ação de "atentado". O crime será investigado e os autores do atentado - que eu prefiro não chamar de torcedores - devem ser julgados pela Justiça", finalizou.


O ATAQUE

Cenas lamentáveis. Levando os jogadores e comissão técnica, o ônibus do Bahia foi atacado por bombas lançadas quando o grupo estava a caminho da Arena Fonte Nova, em Salvador, na noite desta quinta-feira (24/2).

Por meio de nota à imprensa, o clube confirmou os fatos e disse que atletas ficaram feridos, sendo o caso mais preocupante o do goleiro Danilo Fernandes, que foin atingido por estilhaços no rosto.

Um carro que transitava ao lado do ônibus tricolor, na altura do último viaduto da Avenida Mário Leal Ferreira (Bonocô), conduzido por uma mulher, também acabou atingido, de acordo com o clube.

CRONOLOGIA









‌Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.


Credito da foto:Aratu On

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->