Desabrigadas pelas chuvas, 78 famílias são acolhidas em escolas municipais de Salvador - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

terça-feira, abril 19, 2022

Desabrigadas pelas chuvas, 78 famílias são acolhidas em escolas municipais de Salvador



Ao todo, 194 pessoas estão sendo acolhidas pela Prefeitura de Salvador, depois que tiveram de deixar suas casas, por conta de riscos de deslizamentos de terra e desabamento de imóveis, devido às fortes chuvas que caem na cidade.


Elas são integrantes de 78 famílias, residentes em áreas de vulnerabilidade da capital baiana e foram informadas da urgência de procurarem por lugares seguros, nesta segunda-feira (18/4), quando a Defesa Civil (Codesal), fez os acionamentos de sirenes nestes locais.

A situação aconteceu nas seguintes comunidades:

Voluntários Da Pátria
Escola Municipal Eufrosina (40 famílias: 58 adultos, 8 adolescentes, 30 crianças / Total de abrigados: 96 pessoas)

Baixa do Cacau
Escola Municipal Coração de Jesus (10 famílias: 15 adultos, 15 crianças / Total de abrigados: 30 pessoas)

Vila Picasso
CMEI Mosa Berbet (9 famílias: 14 adultos, 4 adolescentes, 5 crianças / Total de abrigados: 26 pessoas)
.
Mamede
Escola Municipal Santa Terezinha (19 famílias, 19 adultos, 5 adolescentes, 18 crianças / Total de abrigados: 42 pessoas)

SOBRE ÁREAS DE RISCO

"As áreas de risco de movimentos de massa no município caracterizam-se pela ocupação de encostas de declividades variadas com residências de alta vulnerabilidade estrutural próximas a taludes. Esta situação associada à precipitação acumulada e a previsão meteorológica indica que podem ocorrer deslizamentos pontuais e induzidos nas áreas de risco mapeadas", alertou o Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden), o Cemaden.




‌Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.


Fotos :::: Reprodução meramente ilustrativas 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->