Incêndio de grande proporção atinge prédio e situação obriga moradores do entorno a deixar casas em Camaçari; responsável é acumulador de lixo - ATUALIZADA - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

quarta-feira, abril 13, 2022

Incêndio de grande proporção atinge prédio e situação obriga moradores do entorno a deixar casas em Camaçari; responsável é acumulador de lixo - ATUALIZADA



Um incêndio de grandes proporções atingiu, na tarde desta terça-feira (12/4), um imóvel, em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. O fogo iniciou, por volta das 16h, mas até o início da manhã desta quarta feira (13/4), a situação, apesar de controlada, ainda exigia a presença de equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil no local.


Até o momento, não há informações oficiais sobre o que teria provocado as chamas em um dos andares do prédio que fica no bairro Nova Vitória, mas relatos preliminares dão conta que, no local, um homem costumava realizar consertos de ventiladores e acumulava muitos objetos relacionados com o serviço.

Ele teria tentado conter o fogo, mas as chamas se alastraram e o homem teve que deixar o prédio para salvar a vida. Não há informações sobre vítimas, mas algumas famílias que residem no entorno do imóvel, precisaram deixar suas casas, por conta da proporção do incêndio.

O coordenador da Defesa Civil de Camaçari, Ivanaldo Soares informou, 

"O prédio, 70% da sua estrutura, colapsou. Nós temos a parede frontal e a lateral direita ainda para colapsar e o fogo não para. Muito material inflamável, muito plástico, muitos ventiladores. O dono é um acumulador e a gente está tendo dificuldades", 

disse ele.

‌Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

Atualização às 12h13

A reportagem esteve no local do incêndio conversando com moradores do entorno. Várias pessoas afirmaram que já tinham chamado a prefeitura da cidade várias vezes para tomar providências devido ao alto risco de incêndio - como de fato aconteceu - animais peçonhentos e mau cheiro, mas nenhuma providência foi adotada. 

Ainda segundo moradores, diferente do que foi informado - que o morador do local do sinistro consertava aparelhos elétricos - na verdade ele apenas recolhia ventiladores, geladeiras e outras tralhas levando-os para dentro do imóvel, o tipico caso de acumulador compulsivo. A prática é considerada uma doença. Para saber mais clique AQUI 

Até o horário de atualização dessa matéria o Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Policia Militar, SMTT e COELBA ainda continuavam no local devido ao risco de novos focos e acidentes. 

A defesa civil de Camaçari informou que para evitar risco de desabamento do imóvel danificado pelo incêndio a opção está sendo a demolição das partes altas para evitar que caiam sobre imóveis vizinhos e transeuntes provocando novos acidentes. 






Foto ::: Reprodução / Ilustrativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->