Justiça mantêm prisão de suspeita de envolvimento em morte de dono de pousada na BA - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

quinta-feira, abril 14, 2022

Justiça mantêm prisão de suspeita de envolvimento em morte de dono de pousada na BA




Audiência de custódia de Maqiela Bastos ocorreu nesta quarta-feira (13).


A Justiça decidiu por manter a prisão temporária de Maqueila Santos Bastos, investigada por suspeita de envolvimento na morte do empresário Leandro Troesch, dono da pousada Paraíso Perdido, em Jaguaripe, no baixo sul da Bahia.

A audiência de custódia para definir a manutenção ou não da prisão foi realizada na tarde desta quarta-feira (13). Com a decisão, Maqueila vai cumprir os 30 dias da prisão temporária, que terminam no dia 24 de abril.

Após essa data, de acordo com a Justiça, a suspeita pode ser liberada após essa data ou a prisão temporária pode ser prorrogada por mais 30 dias. Também existe a possibilidade de a Polícia Civil pedir a prisão preventiva dela.

Maqueila está no Presidio Feminino, unidade que fica no Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador, para onde foi transferida na segunda-feira (11). Ela foi presa no estado de Sergipe no dia 24 de março, por ordem judicial.



Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->