"Me chamava de gostosa na frente de todo mundo", diz estudante que acusa professor de assédio em Camaçari - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

quinta-feira, abril 07, 2022

"Me chamava de gostosa na frente de todo mundo", diz estudante que acusa professor de assédio em Camaçari


Alunos do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, fizeram, na manhã desta quinta-feira (7/4), um protesto contra os dois professores da instituição acusados de cometer assédio sexual contra pelo menos oito adolescentes, com idades entre 15 e 17 anos.


Uma das vítimas concedeu entrevista à reportagem do Grupo Aratu. Na ocasião, ela se queixou da presença dos educadores na instituição de ensino, que foi comunicada da situação desde o último dia 23 de março.

"Ele sempre foi legal, mas começou com brincadeiras, passando a mão nos outros, me chamando de 'gostosa' na frente de todo mundo. Mesmo assim, nós continuamos tendo aulas com eles, mesmo nós não querendo", ressaltou.

A situação foi mostrada pelo Aratu On na quarta-feira (6/4). Por meio de nota a Secretaria de Educação da Bahia disse que afastou os professores e a direção da unidade escolar fez o acolhimento das estudantes.



‌Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.


Credito da foto:TV Aratu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->