Três mulheres denunciam que foram estupradas pelo vereador Gabriel Monteiro do Rio de Janeiro - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

segunda-feira, abril 04, 2022

Três mulheres denunciam que foram estupradas pelo vereador Gabriel Monteiro do Rio de Janeiro


O vereador do Rio de Janeiro Gabriel Moteiro está sendo acusado de estupro por três mulheres. Elas afirmam que inicialmente o relacionamento era consensual, mas que acabaram em violência.


“Antes do ato em si, ele disse que não iria por o preservativo. E eu questionei, falei: ‘você tem que colocar, sim, o preservativo'. Nessa hora, ele simplesmente ignorou tudo que eu tinha falado e começou a relação sexual”, conta uma das vítimas ao programa Fantástico, da TV Globo.

A reportagem ouviu uma outra mulher que também se diz vítima de Gabriel Monteiro, mas antes de ser eleito, quando ele ainda era Policial Militar. Ele teria a convidado para uma festa em sua casa. Ao chegar no local, ela viu que não tinha festa alguma. Na época, ela tinha 16 anos.

Na casa dele, ela diz ter visto o então PM espancando uma outra mulher, também convidada para a festa que não existia. Ela conta que, depois de fazer um lanche, a situação se acalmou e Gabriel as chamou para fazer sexo a três.

“Ele foi e falou: vamos para o quarto. Eu falei: eu não quero. Vamos, vai ser legal, por favor, por favor. Aí ela veio também, me chamou e eu fui. Com medo, porque ele tinha acabado de tentar matar ela na minha frente. Eu fui”, explica.

Na última semana, uma adolescente de 15 anos prestou queixa à polícia acompanhada dos pais. Eles denunciaram o vazamento de vídeos dela tendo relações sexuais com o vereador — que estava filmando. A filmagem viralizou nas redes sociais.

Gabriel Monteiro também compareceu à delegacia e negou que tenha vazado os vídeos.


Foto: Divulgação / Flávio Marroso / CMRJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->