'Bolsonaro terá dois palanques na Bahia', diz presidente estadual do PTB - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

quarta-feira, maio 18, 2022

'Bolsonaro terá dois palanques na Bahia', diz presidente estadual do PTB




Anderson Ramos / Mauricio Leiro / BN



O presidente Jair Bolsonaro (PL) terá dois palanques na Bahia nas eleições de 2022. Segundo o presidente estadual do PTB, Gean Prates, o partido irá apoiar a candidatura à reeleição, descartando uma composição com João Roma (PL), pré-candidato ao governo, endossado por Bolsonaro. Prates ressaltou que a legenda não atuará "como coadjuvante". Roma segue em diálogo com alguns partidos.


"Bolsonaro vai ter dois palanques. Assim como no Rio Grande do Sul. O PTB apoia o governo, não somos uma dissidência. O PTB não pensa desse jeito, não tem acordo que vá fazer o partido mudar de opinião. Converso com eles, urbanamente, mas no campo político, o PTB segue seu caminho, nosso foco é o cidadão eleitor, não os caciques", 

pontuou o presidente.

Prates pontuou que a chapa, muito provavelmente deve ser "puro sangue". 

"Estamos na fase de entendimento interno, mas não vai demorar. O PTB tem consciência da dificuldade de levar adiante, mas estamos convictos. Temos um plano político e ele será cumprido. Queremos ser protagonistas. O partido não está fazendo negociação. Que venha o debate. Queremos pontuar, para participar do debate", 

comentou.

O apoio do PTB é desejo antigo de João Roma, mesmo com o partido já indicando a possibilidade de lançar candidatura própria. Apesar do movimento para não apoiar seu nome, Roma vê como natural as sinalizações. 

"É natural do processo democrático. As convenções são em julho, tem muito tempo para estabelecer conversas. Permaneço fiel aos meus propósitos, sei o que nos guia nesse processo e o mais importante é estar em sintonia com o povo", 

pontuou.

"O jogo que está sendo jogado é a palavra de ordem da Bahia. Os partidos mais fortes canibalizam os de menor expressão, mas com o PTB isso não se conhece. Apesar de João Roma falar que o PTB estará com ele, isso não ocorrerá. Temos em nossos quadros figuras políticas para nos lançarmos. O apoio a Bolsonaro não teve contrapartidas, não estamos fadados a apoiar a indicação de Bolsonaro para o governo do Estado. Nossos quadros tem pessoas com gabarito", 

analisou.


Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->