Bandidos envolvidos em organizações criminosas e tráfico de drogas são inseridos no 'Baralho do Crime' - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

sábado, junho 11, 2022

Bandidos envolvidos em organizações criminosas e tráfico de drogas são inseridos no 'Baralho do Crime'


O naipe de "Copas" do Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública (SSP) foi atualizado nesta quinta-feira (9/6). Os dois suspeitos que estão sendo procurados atuam em Salvador por tráfico de drogas e organização criminosa na capital.


O suspeito Ronaldo Santos Carvalho é conhecido como “Nal” ou “Nado”, e possui mandado de prisão por participar de organização criminosa e tráfico de drogas. Ele atua no bairro de Pernambués e foi inserido na carta "oito de copas", do baralho do crime.

De acordo com a denúncia do Ministério Público da Bahia, Ronaldo atua com o irmão Celso Gomes Carvalho Filho, o “Pito”, que também é foragido e foi incluso no Baralho do Crime em agosto de 2020, no carta "Rei de Ouros".

Já Humberto da Silva Santos Filho, apelidado de “Humbertinho” ou “Betinho”, atua nos bairros do Arenoso e Fazenda Grande do Retiro. Ele também é procurado por organização criminosa e tráfico de drogas e foi adicionado na carta "Sete de Copas".


Segundo o delegado Alexandre Ramos Galvão, do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), os dois foragidos foram alvos recentes de operações da polícia, com o objetivo de desarticular o tráfico de drogas no estado.

O baralho está disponível no site do Disque Denúncia. De forma sigilosa, quem tiver informações pode contribuir com o trabalho policial e ajudar na captura desses e de outros foragidos, por meio do número 181 ou através do site disquedenuncia.com.



Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos siga no Instagram, Facebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 - 7440. Nos insira nos seus grupos!


Credito da foto ::::Divulgação/ SSP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->