Com dois de Davó, Bahia bate Cricíuma e é vice-líder da Série B - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

domingo, junho 05, 2022

Com dois de Davó, Bahia bate Cricíuma e é vice-líder da Série B


Tricolor de Aço vence equipe catarinense e abre 5 pontos de folga no G-4.


O torcedor que compareceu à Arena Fonte Nova na tarde deste sábado, 4, viveu um carrossel de emoções daqueles que o Bahia sabe bem proporcionar durante a partida contra o Criciúma, válida pela 10ª rodada da Série C.

Após um primeiro tempo muito abaixo do esperado dos comandados de Guto Ferreira, com 1x0 para a equipe catarinense no placar e com a expulsão do zagueiro Ignacio, parecia que a invencibilidade tricolor como mandante na competição iria cair por terra.

Porém, com mais de 32 mil vozes, vaiando no intervalo e empurrando após uma segunda etapa de muita luta da equipe baiana, e com a estrela de Matheus Davó, que entrou e marcou os dois gols, o Bahia conseguiu um triunfo heroico por 2 a 1 e subiu para a 2ª colocação desta série B.

O jogo

Com mudanças na equipe principal, e que surpreenderam já que Davó e Rildo, que tem rendido na competição, foram sacados para a entrada de Jacaré e Raí, o Bahia não conseguiu encontrar qualquer resquício de bom futebol na primeira etapa.

Com falhas na marcação e sem efetividade no último terço, os comandantes de Guto Ferreira observavam passivamente a equipe catarinense acumular chances, esbarrando em algumas boas intervenções do goleiro Danilo Fernandes, até que Marquinhos Gabriel, reforçando a inevitável lei do ex, acertou um chutaço de fora da área para abrir o placar.

Logo depois, após falta no meio de campo, o zagueiro Ignacio levou o segundo cartão amarelo e foi expulso, deixando o Bahia em grande prejuízo para os 45 minutos finais.

Irritado com a passividade da equipe, muito por conta da suas decisões na escalação, o técnico Guto Ferreira promoveu quatro mudanças de uma vez só no intervalo. Entraram Matheus Davó, Rildo, Didi e Lucas Mugni, saíram Jacaré, Raí, Rodallega e Rezende.

E as mudanças surtiram efeito quando mesmo com um a menos, o Bahia passou a ocupar o campo ofensivo e dar trabalho para os visitantes.

Após uma blitz azul, vermelha e branca, os tricolor foram recompensados quando Matheus Davó aproveitou passe preciso de Mugni e empatou a partida aos 14 minutos da etapa complementar. Após a igualdade no placar, o Tigre catarinense voltou a pressionar e o Bahia precisou contar com intervenções salvadoras do goleiro Danilo Fernandes para evitar um novo revés no placar.

Quando a partida começava a se encaminhar para o final, veio enfim a consagração tricolor. Após cruzamento de Rildo pela direita, Davó subiu mais alto que a zaga na segunda trave e mandou de cabeça para o fundo das redes e para a festa da torcida tricolor.

Após a partida, o herói tricolor Matheus Davó, que marcou seu quarto gol nesta Série B, comemorou a estrela e o resultado.

"Muito feliz pelos gols, mas principalmente pelo triunfo. Uma sensação única, não sei nem descrever. Trabalho todo dia para isso. A expectativa é grande, a gente sabe das nossas responsabilidades, temos que manter o foco e não deslumbrar. Buscar sempre o topo.

Com o triunfo, o Bahia subiu para a vice-liderança da Série B com 19 pontos, 6 atrás do líder Cruzeiro, e aumentou a folga em relação ao primeiro time fora do G-4, o Grêmio que possui 14 pontos.

O próximo compromisso do tricolor é confronto direto, clássico e decisão. Tudo misturado! Também na Arena Fonte Nova, com promessa de casa cheia, o Bahia recebe o Sport, terceiro colocado com 18 pontos, na próxima quarta-feira, 8, às 21h30.


Foto: Uendel Galter | Ag. A TARDE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->