STJ suspende festa com show de Gusttavo Lima na Bahia, e organizadores dizem que vão realizar de qualquer jeito; prefeitura desafia justiça - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

segunda-feira, junho 06, 2022

STJ suspende festa com show de Gusttavo Lima na Bahia, e organizadores dizem que vão realizar de qualquer jeito; prefeitura desafia justiça


Decisão do TJ-BA havia liberado evento no sábado, 4. Com a decisão, volta a valer a suspensão do evento, que seria realizado de 4 a 13 de junho. Como a Justiça brasileira não se respeita e não é respeitada, evento deverá acontecer. 


O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, suspendeu neste domingo, 5, uma decisão judicial que havia autorizado a realização da Festa da Banana em Teolândia, no interior da Bahia. O evento contaria com show do cantor Gusttavo Lima neste mesmo dia.

De acordo com o ministro, o gasto de altos valores para um município de 20.000 habitantes e em situação de emergência declarada, justifica a providência tomada.

“Cuida-se de gasto deveras alto para um município pequeno, com baixa receita, no qual, como apontado pelo Ministério Público da Bahia, o valor despendido com a organização do evento chega a equivaler a meses de serviços públicos essenciais”, afirmou.

Com a decisão, volta a valer a suspensão do evento, que seria realizado de 4 a 13 de junho. A determinação foi feita pela juíza Luana Paladino, da Vara Cível de Wenceslau Guimarães, na 6ª feira, 3, e atendeu pedido do MP-BA (Ministério Público da Bahia).

O município de Teolândia havia recorrido da decisão. No sábado, 4, o juiz plantonista do TJ-BA (Tribunal de Justiça da Bahia), Alberto Raimundo Gomes dos Santos, autorizou o evento. Ele considerou que o prejuízo causado pelo cancelamento da festividade seria desigual se comparado ao benefício de sua realização, visto que se de um evento tradicional realizado há 16 anos.

Prefeitura desafia

Após cancelado, liberado e cancelado mais uma vez o show, a prefeitura de Teolândia, sul da Bahia, ironizou, nas redes sociais, a decisão judicial e afirmou que a apresentação vai ser realizada.

Os organizadores da "Festa da Banana", fizeram uma publicação onde afirmaram que "seria mais fácil o mundo acabar do que o Gustavo Lima não se apresentar'. Como se não bastasse, a organização pediu ao público que "chegasse mais cedo" ao evento.


Imagem ::: Reprodução / Ilustrativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->