VÍDEO 🎬 Procuradora é agredida por colega após abrir processo por assédio moral e fica com rosto ensaguentado🎬 - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

quarta-feira, junho 22, 2022

VÍDEO 🎬 Procuradora é agredida por colega após abrir processo por assédio moral e fica com rosto ensaguentado🎬




A procuradora-geral do município de Registro, no interior de São Paulo, foi agredida por um colega dentro da própria prefeitura, onde trabalham, e ficou com o rosto ensanguentado. As imagens viralizaram nas redes sociais nesta terça-feira (21/6).


O agressor foi identificado como Demétrius Oliveira Macedo, de 34 anos. Ele começou a agredí-la após ela informar que havia aberto um processo de assédio moral contra ele, exatamente por conta das ofesas e da postura agressiva no ambiente de trabalho. Um Boletim de Ocorrência sobre o caso foi registrado no 1º Distrito Policial (DP) do município.

Gabriela Samadello Monteiro de Barros, de 39 anos, contou em entrevista ao G1 que estava trabalhando quando foi surpreendida pelo ataque de Macedo. Segundo consta no BO, ele a agrediu primeiro com uma cotovelada na cabeça e continuou com socos no rosto.

Em nota à reportagem, a Prefeitura de Registro manifestou "o mais absoluto e profundo repudio aos brutais atos de violência realizados pelo procurador municipal contra a servidora municipal mulher que exerce a função de procuradora-geral do município".

"A administração municipal está tomando as providências necessárias e já determinou, de imediato, que o agressor seja suspenso, nos termos do art. 179, c/c inc. III do art. 180, ambos da Lei Complementar nº 034/2008 – Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Registro, com prejuízo de seus vencimentos, a partir de 21 de junho".

O Executivo continuou: "reafirmamos nosso compromisso com a prevenção e enfrentamento a todas as formas de violência, principalmente aquelas que vitimizam mulheres. Os servidores da Procuradoria-Geral Municipal e da Secretaria de Negócios Jurídicos receberão todo apoio necessário, inclusive acompanhamento psicológico".


Credito da foto:redes sociais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->