Luiz Caetano deve deixar Serin para assumir a coordenação da campanha de Jerônimo - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

terça-feira, julho 12, 2022

Luiz Caetano deve deixar Serin para assumir a coordenação da campanha de Jerônimo



Lula Bonfim/BN


O secretário de Relações Institucionais do estado, Luiz Caetano (PT), deve deixar o comando da pasta durante esta semana, para assumir a coordenação da campanha de Jerônimo Rodrigues (PT) ao governo da Bahia.

De acordo com fontes ligadas ao governo do estado, Caetano foi convidado pelo próprio Jerônimo para assumir a posição. A movimentação tenta resolver a condução da pré-campanha, que não tem sido avaliada de forma positiva internamente.

Procurado, Caetano afirmou que ainda não está decidida a saída dele da Secretaria de Relações Institucionais (Serin) para a coordenação da campanha, mas admitiu que há conversas nesse sentido.

“Isso ainda está sendo conversado. Não tem nada certo. Estamos avaliando qual é o melhor caminho a ser tomado”, disse o secretário, em entrevista ao Bahia Notícias na noite desta segunda-feira (11).

No fim da tarde desta segunda, Caetano participou de uma reunião com o governador Rui Costa (PT), mas negou que uma possível saída dele da Serin para coordenar a campanha petista ao governo do estado tenha sido tratada na conversa.

“Na verdade, nós estávamos recebendo prefeitos do interior, de toda a Bahia. Já recebemos mais de 100 prefeitos aqui. Estamos conversando sobre essa mudança [para a campanha], mas isso não foi tratado nessa reunião”, garantiu Caetano.

Apesar da não confirmação por parte do secretário, dentro da Serin, a saída de Caetano para a coordenação de campanha de Jerônimo já é dada como certa. O anúncio é previsto para quarta (13) ou quinta (14).

Ex-prefeito de Camaçari, Caetano assumiu a Secretaria de Relações Institucionais (Serin) em maio de 2021. No comando da pasta, ele foi um dos responsáveis por articular, através de sua boa relação com o vereador licenciado Henrique Carballal (PDT), as chegadas do MDB e de Geraldo Jr. à base de apoio do governo do estado.

PROVÁVEL SUBSTITUTA

Caso a saída de Caetano se concretize, a tendência é que sua chefe de gabinete na pasta, Elisa Pellegrini, assuma o comando da Serin. Funcionária de carreira do estado, ela foi superintendente de Articulação e Programas Especiais da antiga Secretaria Estadual de Combate à Pobreza (Secomp) durante a gestão de Paulo Souto (UB).

O passado de Elisa na gestão de um adversário chegou a gerar desconfianças entre petistas do governo, mas seu trabalho conquistou a confiança do governador Rui Costa (PT). Nos bastidores da Serin, ela é vista como uma "excelente técnica" e uma chefe que "cobra muito".

A outra possibilidade pensada para o lugar de Caetano é o atual chefe de gabinete de Rui, Cícero Monteiro, que já comandou as Relações Institucionais dos governos petistas durante a gestão de Jaques Wagner (PT) em 2014. Ele também já passou pelo comando da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur-BA).



Foto: Hyago Cerqueira / Destaque1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->