Mulher é morta a pedradas por ex-companheiro na frente da filha de 3 anos - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

sexta-feira, julho 15, 2022

Mulher é morta a pedradas por ex-companheiro na frente da filha de 3 anos


A filha do casal contou para uma tia que o pai havia agredido a mãe e deixado a vítima em um lugar escuro.


A jovem Rayssa Aparecida Ferreira de Araújo, de 18 anos, foi encontrada morta em Itabira, na região Central de Minas Gerais, na última quarta-feira (13).O corpo foi deixado em uma estrada com marcas de pedradas nas mãos e na cabeça. O principal suspeito de cometer o crime é Francisco Gergley Gonçalves Bezerra, de 30 anos. Ex-companheiro da vítima, ele está foragido. Ele teria matado a jovem pedradas na frente da filha de 3 anos.

De acordo com a mãe da vítima, o casal teve um relacionamento de 4 anos e estava separado há 15 dias. Para a Polícia Militar, familiares de Rayssa e do suspeito contaram que os dois estavam levando a filha de três anos ao pronto-atendimento do Hospital Municipal de Itabira. A jovem chegou a avisar aos familiares que a criança estava bem e aguardava retorno dos exames.

Testemunhas relataram que houve um desentendimento entre o casal no pronto-atendimento. A suspeita é de que o homem tenha ficado nervoso ao ver algumas mensagens no celular da ex-companheira. A filha do casal contou para uma tia que o pai havia agredido a mãe e deixado a vítima em um lugar escuro. Acionados pelos familiares da vítima, os militares passaram a fazer ronda na região até que encontraram o corpo da jovem em uma estrada de terra na região do bairro Praia.

O suspeito já tem passagem pela polícia por tentativa de feminicídio quando, em 2016, tentou matar a facadas a ex-namorada. Ele está foragido da Justiça e a Polícia Civil investiga o crime.



Foto: Reprodução/Redes sociais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->