👹 'Não me deixe morrer', pediu nutricionista baleada no Vale de Nazaré em Salvador. Mulher foi baleada por dois assaltantes. Vítima sequer reagiu.👹 Mataram apenas por matar - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

sábado, julho 23, 2022

👹 'Não me deixe morrer', pediu nutricionista baleada no Vale de Nazaré em Salvador. Mulher foi baleada por dois assaltantes. Vítima sequer reagiu.👹 Mataram apenas por matar



A nutricionista baleada na manhã de sexta-feira (22), no bairro de Nazaré, em Salvador, estava consciente quando foi socorrida. Segundo testemunhas, ela pediu ajuda logo após ser atingida.


Uma ambulância particular que passava no local prestou os primeiros socorros. De acordo com o Correio, que noticiou o fato, o projétil acertou uma região próxima ao olho e a vítima está no centro cirúrgico do Hospital Santa Izabel.

Ela dirigia seu veículo, quando dois homens se aproximaram e um deles efetuou os disparos. Não há informações se ela reagiu à abordagem. Os acusados estavam usando fardas no momento da ação.

"Eram dois e estavam a pé. Eles estavam vestindo fardas tipo de obra, aquelas que tem uma lista fluorescente no meio. Depois que pararam de correr, eles começaram a caminhar e até fingiram que estavam brigando, tudo para disfarçar, mas se deram mal porque uma viatura passou logo depois e a gente avisou. Quando viram os policiais, eles correram", contou um homem que pediu para não ser identificado.

Outras testemunhas disseram que agentes da Transalvador que estavam próximos ao local do crime ouviram o disparo e, ao perceberem que ninguém havia saído do carro, se aproximaram do veículo e dois suspeitos saíram correndo.

O agente Celso Sapucaia, que estava abastecendo o veículo no posto de combustível que fica em frente ao local da ocorrência quando ouviu o disparo, contou que percebeu que a mulher pedia socorro e correu até ela, que estava estacionando o carro na ladeira atrás do Hospital Santa Izabel quando foi abordada pelos bandidos. Frentistas também correram para ajudar e pararam uma ambulância que passou pela região logo após o ocorrido. Tudo aconteceu entre 6h e 6h15.
"Ouvimos o disparo e quando olhamos, vimos os caras correndo. Eram dois e estavam a pé. Em seguida, a moça abriu a porta do carro e vimos que ela pedia socorro. Quando a gente chegou lá ela estava ferida próximo ao olho e repetia 'não me deixe morrer, por favor, não me deixe morrer'. O pessoal do posto ajudou a parar uma ambulância e ela foi socorrida", contou o agente.

Policiais da 2ª CIPM (Barbalho), que faziam rondas na região chegaram a localizar os suspeitos do crime e empreenderam uma perseguição. Na ação, um deles foi capturado e levado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), por conta de escoriações que teve durante a fuga.

O acusado foi conduzido para a Delegacia de Repressão a Furto e Roubo de Veículo (DRFV). O outro conseguiu fugir. Segundo a PM, as equipes continuam em busca deste segundo envolvido.
Vítima sequer teve tempo de abrir o vidro do carro ou sair de dentro para que os bandidos levassem o veículo. Mataram simplesmente por matar.



Foto: Reprodução / Redes sociais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->