👏👏👏 Preso maníaco sexual dos bairros Barra/Ondina em Salvador; suspeito de pelo menos cinco estupros, ele estava escondido no interior 👏👏👏 Agora é só castrar... - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

sexta-feira, julho 22, 2022

👏👏👏 Preso maníaco sexual dos bairros Barra/Ondina em Salvador; suspeito de pelo menos cinco estupros, ele estava escondido no interior 👏👏👏 Agora é só castrar...




O homem suspeito de estuprar uma estudante de 20 anos, no fundo de um hotel no bairro de Ondina, em Salvador, se apresentou na delegacia da cidade de Serra Preta, a 160 km da capital baiana. Éverton Pereira dos Santos Silva estava escondido no povoado de Bom Será, na zona rural, e foi localizado na noite desta quinta-feira (21/7).



A titular da 14ª Delegacia Territorial (DT/Barra), Mariana Ouais, informou que o homem teve o mandado de prisão solicitado à Justiça justamente após o crime contra a ambulante, na quinta-feira (14/7). 

“Assim que decretada a medida cautelar, unimos os esforços com a equipe do delegado Nilton Borba, da 7ª DT / Rio Vermelho, e fomos à busca".

“As equipes da 14ª e da 7ª Delegacia fizeram diversas diligências, tanto em Salvador quanto no município de Serra Preta, desde a quarta-feira (20/7). No início da noite desta quinta-feira (21/7), o advogado ligou informando que ele se entregaria em uma unidade do interior do estado, de onde foi recambiado para Barra", 

completou.

Imagens de câmeras de vigilância colaboraram para a identificação do criminoso. De acordo com o titular da 7ª DT/Rio Vermelho, delegado Nilton Borba, a busca também foi intensificada em outros pontos de Salvador.

“Assim que tivemos conhecimento do fato, iniciamos as investigações, com a sua identificação e as diligências não cessaram. Trata-se também de uma questão de honra, retirar do convívio social uma pessoa com tal grau de periculosidade. Unindo os esforços com a equipe da 14ª Delegacia, facilitou ainda mais alcançarmos esse objetivo”.

A delegada Mariana Ouais sinaliza que o homem é investigado também por outros crimes de violência sexual. “Temos alguns registros de tentativas de estupros, os quais estão sendo atribuídos a este criminoso. As investigações terão continuidade, outras possíveis vítimas poderão comparecer a Delegacia e denunciar”, informou.

PEDIDO DE PRISÃO

Por conta da gravidade dos fatos, o Ministério Público da Bahia solicitou a prisão de Éverton. A reportagem do Grupo Aratu teve acesso ao documento e, para embasar o pedido, o MP contou que foram contabilizadas cinco vítimas do maníaco. A situação na Barra ocorreu dois dias antes do estupro cometido contra a estudante.

"Dois dias após o fato [na Barra], o representado, agindo com o mesmo modus operandi, praticou o crime de estupro em desfavor da estudante *, no bairro de Ondina ,conforme amplamente veiculado em mídia televisiva, o que permitiu contabilizar-se outras cinco mulheres, também vítimas de atos de violência sexual, ao que tudo indica, recaindo a autoria dos crimes sobre o mesmo suspeito".

O documento do MP não detalhou em quais bairros os outros três casos ocorreram, mas confirma a informação dada pelo Aratu On nesta quinta-feira (21/7). De acordo com a apuração, em 2015, Éverton estuprou uma menina de 12 anos, após chamar a vítima para tomar cerveja. Na areia da Praia do Canta Galo, porém, o crime foi consumado. O homem foi preso, mas acabou solto pela Justiça.


Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos siga no Instagram, Facebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 - 7440. Nos insira nos seus grupos!



Credito da foto:leitor/Aratu On

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->