Procuradores pressionam Aras a investigar Bolsonaro por "ilícito eleitoral" e "abuso de poder" - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

quarta-feira, julho 20, 2022

Procuradores pressionam Aras a investigar Bolsonaro por "ilícito eleitoral" e "abuso de poder"



Grupo é formado por 43 procuradores dos Direitos do Cidadão de todo País.



Um grupo de 43 procuradores dos Direitos do Cidadão de todo País encaminhou ao procurador-geral da República Augusto Aras nesta terça-feira (19), uma ‘notícia de ilícito eleitoral’ contra o presidente Jair Bolsonaro. A informação é do jornal O Estado de S.Paulo.

Eles pressionam Aras a investigar o chefe do Executivo pelo ‘ataque explícito ao sistema eleitoral, com inverdades contra a estrutura do Poder Judiciário Eleitoral e a democracia’.

“A conduta do presidente da República afronta e avilta a liberdade democrática, com claro propósito de desestabilizar e desacreditar o processo e as instituições eleitorais e, nesse contexto, encerra, em tese, a prática de ilícitos eleitorais decorrentes do abuso de poder, com enfoque na propaganda e na desinformação praticadas”, diz trecho da representação levada ao PGR.



Foto: José Cruz/Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->