Ex-integrante do "Baralho do Crime", matador da Mata Escura é executado com tiros de submetralhadora em Salvador; mãe e esposa presenciaram tudo - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

sexta-feira, agosto 05, 2022

Ex-integrante do "Baralho do Crime", matador da Mata Escura é executado com tiros de submetralhadora em Salvador; mãe e esposa presenciaram tudo


Um homem, Moisés Silva dos Santos, foi executado a tiros no estacionamento de uma antiga concessionária na Avenida Luís Eduardo Magalhães, em Salvador. O caso aconteceu no início da tarde desta sexta-feira (5/8).


Segundo testemunhas, Moisés estava dentro de um veículo que foi seguido por dois homens a bordo de uma motocicleta. O bandido que estava na garupa sacou uma submetralhadora e disparou diversas vezes contra a cabeça da vítima, que morreu na hora. A mãe e a companheira de Moisés estavam dentro do carro e presenciaram tudo.

O que chamou a atenção foi um vídeo gravado momentos depois do assassinato. As imagens mostram uma mulher, desesperada, sobre o corpo da vítima. "Meu Deus, meu amor, te amo tanto", gritava, aos prantos.

Policiais militares da 23ª Companhia Independente (CIPM/Tancredo Neves) foram acionados e isolaram a área até a chegada do Departamento de Polícia Técnica (DPT).

O caso será apurado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

VIDA CRIMINOSA

De acordo com apuração do Aratu On, Moisés Silva dos Santos já chegou a ser um dos homens mais perigosos da Bahia, chegando a estampar o Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública - uma ferramenta lúdica que apresenta os bandidos mais procurados do estado -.

Investigado por envolvimento em diversos homicídios no bairro da Mata Escura, na capital, ele chegou a ser preso em Feira de Santana, em 2017. Agora, a Polícia Civil quer saber se a motivação do crime tem relação com o passado de Moisés.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos siga no Instagram, Facebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 - 7440. Nos insira nos seus grupos!



Credito da foto:leitor/Aratu On

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->